Segunda, 24 de Junho de 2024 20:44
61 99813-4639
Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Projeto reforça direito das escolas comunitárias a verbas do programa de alimentação escolar

Vinicius Loures/Câmara dos Deputados O autor da proposta, deputado Duarte Jr. O Projeto de Lei 2374/23 deixa claro na legislação que as escolas c...

14/07/2023 13h52
Por: Redação Fonte: Agência Câmara de Notícias
O autor da proposta, deputado Duarte Jr. - (Foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados)
O autor da proposta, deputado Duarte Jr. - (Foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados)

O Projeto de Lei 2374/23 deixa claro na legislação que as escolas comunitárias estão entre as beneficiárias dos recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), que atende alunos da educação básica (educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e educação de jovens e adultos) matriculados em escolas públicas, filantrópicas e em entidades comunitárias conveniadas com o poder público.

"Essas escolas, algumas vezes, são mantidas por associações ou união de moradores sem fins lucrativos que dependem da verba pública para dar continuidade em suas atividades", explica o autor do projeto, deputado Duarte Jr. (PSB-MA),

O texto também inclui as escolas comunitárias conveniadas no Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), com o objetivo de prestar assistência financeira, em caráter suplementar.

Em análise na Câmara dos Deputados, o projeto altera a Lei 11.947/09, que trata da alimentação escolar e do Programa Dinheiro Direto na Escola.

A proposta também determina que o repasse dos recursos seja feito de forma direta aos entes e às entidades beneficiadas. Duarte Jr., explica que, atualmente, o dinheiro desses programas é transferido para contas da União, de estados, do Distrito Federal ou de municípios e, só depois, é repassado para as entidades cadastradas.

Continua após a publicidade

“Ocorre que toda essa burocracia para que haja o repasse as entidades tem causado diversos transtornos, uma vez que nem sempre há o repasse devido e, quando ocorre, alguma das vezes não é em sua totalidade”, justificou o parlamentar.

Essa burocracia, continua Duarte, prejudica a população. "Na cidade de São Luís, no Maranhão, por exemplo, as escolas comunitárias estão sendo notificadas pela Justiça do Trabalho em virtude da falta de pagamento dos seus colaboradores que não está sendo realizada pela falta de pagamento por parte do município", alerta o deputado.

Tramitação
O projeto será analisado, em caráter conclusivo, pelas comissões de Educação; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Paulo, SP
Atualizado às 19h06
23°
Tempo limpo

Mín. 18° Máx. 28°

23° Sensação
6.26 km/h Vento
66% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (25/06)

Mín. 16° Máx. 18°

Tempo nublado
Amanhã (26/06)

Mín. 16° Máx. 29°

Tempo limpo
Mais lidas
Ele1 - Criar site de notícias