Segunda, 18 de Outubro de 2021 18:26
11 93253-3337
Saúde Rio Grande do Sul

Com R$ 200 mil do Estado, Rio Grande promove mutirão para zerar fila de serviços oftalmológicos na região

Um protocolo de intenções para redução das filas de espera para atendimento em cirurgias e procedimentos de oftalmologia na região de Rio Grande foi assinado nesta segunda-feira (11/10).

11/10/2021 18h35
Por: Redação Fonte: Secom Rio Grande do Sul
-
-

A secretária da Saúde, Arita Bergmann, o prefeito de Rio Grande, Fábio Branco, e o presidente da Santa Casa de Rio Grande, Renato Aldair Menezes da Silveira, assinaram nesta segunda-feira (11/10) um protocolo de intenções para redução das filas de espera para atendimento em cirurgias e procedimentos de oftalmologia na região.

O convênio prevê a união de esforços para a Santa Casa realizar um mutirão de consultas, exames e cirurgias oftalmológicas, beneficiando os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) que atualmente não contam com a oferta do serviço em Rio Grande.

“O município tem hoje uma demanda de 1,2 mil pessoas já diagnosticadas com catarata. Além delas, temos 3,8 mil pessoas à espera de consulta”, explicou a secretaria municipal de Saúde, Zelionara Pereira Branco.

Da parte do Estado, serão repassados R$ 200 mil para custear as cirurgias e parte dos serviços ambulatoriais em novembro e dezembro. O município ficará responsável por parte dos serviços complementares. O formato para 2022 ainda deverá ser acertado.

“Foi uma parceria rápida. Em meados de agosto, o prefeito esteve na secretaria e apresentou a parceria, que foi aprovada e colocada em funcionamento”, disse Arita.

Para o presidente da Santa Casa, a parceria trará um ganho de longo prazo para o município. “Vamos instalar o serviço definitivo de oftalmologia, o que é um marco importante para Rio Grande”, explicou Silveira.

A assinatura do protocolo teve a presença de Aldina Tavares Rodrigues, que há quatro anos espera por uma cirurgia. “Ela aguarda desde 2017 e agora vai ser atendida pelo mutirão”, informou Silveira.

Texto: Ascom SES
Edição: Secom

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias