Terça, 27 de Julho de 2021 23:59
11 93253-3337
Política Embu das Artes

Justiça cassa chapa de Ney Santos e suspende diplomação

Prefeito reeleito é acusado de abuso de poder econômico por extrapolar publicidade com citações do seu nome, se diz vítima de perseguição política e vai recorrer

15/12/2020 15h00 Atualizada há 7 meses
Por: Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Justiça Eleitoral cassou a chapa que reelegeu o prefeito Ney Santos (Republicanos), de Embu das Artes, na Grande São Paulo, e suspendeu a diplomação dele e do seu vice Hugo Prado. 

 

A decisão do juiz Gustavo Romero Fernandes, publicada na noite desta segunda-feira (14), referendou uma ação proposta pelo PSOL e alvo de investigação do Ministério Público Eleitoral.

 

De acordo com a denúncia, o gestor “extrapolou no limite da publicidade” ao fazer publicações em jornais que apresentava balanços de prestações de conta do mandato e do combate à Covid-19, em seu nome, com a omissão do termo "prefeitura". No entendimento do magistrado, houve abuso de poder econômico.

 

Em nota, Ney Santos afirmou que irá recorrer da sentença e se diz "vítima de perseguição política dos adversários". 

 

O prefeito segue no cargo até 31 de dezembro e, se a decisão não for revertida, o presidente da Câmara Municipal da próxima Legislatura assumirá o posto até a realização de eleições suplementares.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias